segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

5o. Simpósio International de Urban Sketching em Paraty

Minha participação no 5o. Simpósio Internacional de Urban Sketching em Paraty foi truncada mas muito intensa e inesquecível.
Durante muitos meses nos preparamos e tentamos reunir um grupo de alunos o maior possível (acabaram indo cerca de 30) pois sabíamos que seria uma oportunidade única.

Uma selfie com quem chegou mais cedo. 

Ao chegar na cidade terça à noite fomos direto para a praça da Matriz jantar e encontrar os amigos que ja tivessem chegado.



Na manhã do primeiro dia no caminho para o Simpósio encontramos essa palmeira.

Depois da inscrição fomos imediatamente experimentar a caneta nova e eu gostei muito. Super5.

O primeiro workshop foi: The Joy of the Movement do Behzad Bagheri
Um dos exercícios era fazer manchas misturando cores livremente e depois passar para um colega que continuasse o desenho. 
Tive a felicidade de trocar as minhas manchas com a Nina Johansson que achou nelas esses dois motivos e de brinde meu sketchbook ganhou dois originais dela assinados.


Depois fizemos o mesmo mas continuando nós mesmos nossos desenhos

Por fim o mesmo procedimento tentando achar nas manchas um olhar sobre Paraty.

Durante as explanações o Bagheri ganhou a participação de um simpático cão da cidade que se encantou com a nossa colega Kumi Matsukawa 


Depois fomos almoçar.
Foi um grande desastre.
Tinhamos pouco tempo porque as atividades da tarde tinham hora marcada.
A Nina e a Lisa iam ministrar workshops e os outros iam assistir os seus.
Eu tinha que tomar um onibus para ir ao local do worhshop que eu ia assistir.
A comida não chegava.
Como único brasileiro na mesa eu ia na cozinha à pedido dos colegas e o cozinheiro dizia "Já está quase pronto"
Como traduzir?
A comida não chegava.
Verdes de fome cada um foi indo embora e deixando o dinheiro na mesa.
Voltei na cozinha e pedí para embalar a comida.
O cozinheiro disse "Já está quase pronto"
A quentinha não chegava.
Como traduzir.
Um a um todos foram.
Por fim consegui umas quentinhas e saímos correndo.



O segundo (e último para mim) workshop foi: The Sketched Reportage da Simonetta Capecchi
Quando cheguei no ponto de encontro para pegar o onibus todo mundo já estava me procurando pela cidade toda porque só faltava um para completar o grupo…
Caminhei até o limite do centro histórico sob os olhares de censura de todos e entreguei a minha quentinha para um transeunte pois não ia dar mais para comer.

Tinhamos que descrever o processo de produção da cachaça.
Resolví fazer tudo num desenho só e o resultado é que ficou muito apertado no papel.
A Simonetta insistiu para que eu fizesse mais um desenho e só nesse momento eu entendí que deveria ter feito muitos mais mas já era tarde e o alambique fechou.

Foi então que eu percebí que estava com muita fome...



Na manhã seguinte tive voltar para São Paulo com urgência interrompendo abruptamente minha estadia na cidade.
Eu tinha programado fazer o percurso das malas que ficou incompleto.

À esquerda: em casa antes de sair
No meio: na pousada
Ia ter mais um desenho das malas na volta mas ficou assim mesmo...

Não vejo a hora de chegar o próximo Simpósio.

Abraços

Dalton de Luca

terça-feira, 10 de Dezembro de 2013

Augusta com Jaú

Augusta com Jaú by Dalton de Luca
Augusta com Jaú, a photo by Dalton de Luca on Flickr.

Augusta com Jaú. A moto foi feita em capítulos: a roda foi de uma trail, os espelhos e o guidão de uma roadster o capacete de outro motoqueiro e o tanque eu inventei.

sexta-feira, 15 de Novembro de 2013